8.12.11

poesia para quem precisa de poesia, agora


Todos os dilemas, ou os vícios e virtudes da poesia moderna e contemporânea, poderiam ser resumidos ou ter sua origem num ponto apenas, que é o que concerne ao verso livre. Embora seja um exagero insistir em dizer que o “ciclo histórico do verso está encerrado”, parece ficar cada vez mais claro que o verso livre modernista — que, diga-se de passagem, a maioria pratica ainda imperitamente, sem fazer vacilar suas contradições e possibilidades constitutivas — experimenta um momento de estagnação. Em artigo publicado recentemente, Paulo Franchetti estuda na versificação contemporânea a “crise de verso” ou “crise do verso” na linguagem de alguns poetas. De acordo com o crítico, tornou-se já prática consagrada a “quebra arbitrária da frase, sem que se perceba na quebra mais do que o desígnio de quebrar”. Há algum tempo, num artigo publicado em Sibila, onde avaliava a cena das revistas literárias, me referi a esses poetas que operam sobre o verso a partir tão-só do corte como “convencionais versemakers da fratura, da fragmentação”. Para Franchetti, uma parcela da poesia de hoje representa um “atestado de recusa do verso livre, ou de desconfiança nele como eficácia poética”. Enquanto isso, irmandades de poetas apuram suas ferramentas no aproveitamento acrítico desse verso fake resolvido na estabilidade de uma sempre e afetada elipse sintática.

3.1.11

poesia para quem precisa de poesia

Curso de Verão na Palavraria

PORTO ALEGRE

Oficina de criação literária: o livro de autor em progresso

Duração 16 horas: dois encontros por semana, segundas e quartas a partir de 10 de janeiro, horários à tarde ou à noite (a combinar). Oito encontros no total. Custo R$ 360,00 à vista ou R$ 400,00 em 2X (dois cheques de R$ 200,00).

Informações/Inscrições

Fones:

32684260, Livraria Palavraria.

99480569, Ronald Augusto.

A oficina é direcionada a interessados tanto em ampliar a capacidade criativa quanto àqueles com um projeto de livro em andamento, dispostos a aprofundar o entendimento e a sensibilidade a respeito do processo compositivo e de construção do livro enquanto mídia e objeto que, necessariamente, denota uma coesãode forma e fundo.

A oficina, ministrada pelo poeta Ronald Augusto, discutirá, sempre a partir dos desejos e dos projetos literários individuais dos candidatos, as possibilidades de escrita surgidas com a visão contemporânea de literatura, onde o leitor cumpre um papel de co-autoria. O ministrante discutirá os designs de linguagem (independente do gênero) dos textos ou livros da cada autor e analisando as particularidades de estilo dos integrantes proporá soluções a partir do conceito da função estética do texto, visão que abriga, inclusive, os dados externos e secundários à materialidade mesma do texto, tais como história, lugar, gênero etc.

2.11.10

Festival Artimanhas Poéticas 2010: Rio de Janeiro, 13 e 14 de novembro


























A segunda edição do festival literário Artimanhas Poéticas será realizada nos dias 13 e 14 de novembro (sábado e domingo) no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio de Janeiro (RJ), com curadoria dos poetas Claudio Daniel e Gabriela Marcondes. O evento contará com a participação de críticos literários como Heloísa Buarque de Hollanda, poetas como Claudia Roquette-Pinto, Arnaldo Antunes, Frederico Barbosa, André Vallias, entre outros. O festival incluirá palestras, debates, recitais, apresentação de poesia visual e videopoesia, lançamentos e performances.

Programação

Dia 13 de novembro:
14h
Debate: A poesia escrita em outras esferas. Com Heloísa Buarque de Hollanda, Gabriela Marcondes e André Vallias. Mediação: Claudio Daniel
15h
Recital/performance: Gabriela Marcondes, André Vallias, Victor Paes, Alice Santana e Ana Costa Ribeiro
Projeção: poemas visuais e poemas-objeto de Arnaldo Antunes, Elson Fróes, Gabriela Marcondes, André Vallias, Marcelo Sahea e Paulo de Toledo.
16hDebate: O diálogo poético entre o Brasil e Portugal: conquistas e desafios. Com Claudio Daniel e Marcus Mota. Mediação: Leonardo Gandolfi.
Lançamento: livros dos selos Arqueria, Multifoco, Azougue, Confraria e Lumme Editor
18hRecital: Claudia Roquette-Pinto, Claudio Daniel, Casé Lontra Marques, Camila Vardarac, Marcelo Tápia, Guilherme Zarvos, Ronaldo Ferrito, Donny Correia.


Dia 14 de novembro:
14hPalestra: A poesia brasileira hoje. Com Frederico Barbosa
Lançamento: livros dos selos Arqueria, Multifoco, Azougue, Confraria e Lumme Editor
16h
Debate: A importância das organizações sociais para a para a gestão da cultura. Com Marcelo Tápia e Donny Correia.
Mediação: Frederico Barbosa
18h
Exibição do filme Cidade Resposta, de Márcio-André.
18h15
Recital: Lígia Dabul, Izabela Leal, Sylvio Back, Thiago Ponce de Moraes, Pablo Araújo, Flávio Castro, Masé Lemos, Dado Amaral, Anderson Fonseca.

Local: Centro Cultural da Justiça Federal, Av. Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro (RJ). CEP 20040-009.

Apoio: Centro Cultural da Justiça Federal, Casa das Rosas, Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura, Confraria do Vento, Portal Literal e Zunái, Revista de Poesia e Debates

III SIMPÓSIO DE POESIA CONTEMPORÂNEA – SIMPOESIA - São Paulo, de 5 a 7 de novembro de 2010

O Simpoesia III, a ser realizado entre 5 a 7 de novembro, propõe um intercâmbio entre poetas brasileiros (de locais distintos do país), e poetas estrangeiros. Três grandes nomes de impacto no cenário internacional, Bruce Andrews (USA), a poeta e tradutora Erin Moure (Canadá), e o holandês Arjen Dunker estarão em São Paulo para apresentar e discutir seu trabalho. A programação este ano inclui poetas mulheres, discussão sobre poesia contemporânea nas universidades e um foco em tradução. Haverá uma palestra com o curador de Latin American Collections da British Library, Aquiles Alencar Breyner, sobre biblioteca digital e arquivo de material eletrônico na web. Há incentivo à presença de poetas jovens e lançamentos de livros de poesia. O encontro ocorrerá na Casa das Rosas (Avenida Paulista, 37), com curadoria de Virna Teixeira.

PROGRAMAÇÃO III SIMPOESIA

Sexta 5/11
19h Abertura do evento
19h30 Leitura Ismar Tirelli (RJ), Marize Castro (RN), Leonardo Gandolfi (RJ), Claudio Daniel (SP), Farnoosh Fathi (EUA), Martin Palacio Gamboa (Uruguai). video-poema “poço. festim. mosaico”, de Marize Castro.
20h30 Apresentação Arjen Duinker (Holanda)
21h Leitura Bruce Andrews (USA)
21h30 Vídeopoema Cidade Reposta, Márcio-André (RJ).
Lançamentos Títulos do selo [e] – Annablume; Selo Orpheu, editora Multifoco; Lábios-espelhos, de Marize Castro.

Sábado 6/11
16h30 Debate: A novíssima poesia brasileiraCom Nilson Oliveira (PA), Antônio Vicente Pietroforte (SP) e Edson Cruz (BA/SP). Mediação: Leonardo Gandolfi (RJ).
18h Palestra sobre arquivos digitais de poesia com Aquilles Alencar Brayner (British Library).
19h LeituraAdriana Zapparoli (SP), Antônio Vicente Pietroforte (SP), Edson Cruz (BA/SP), Nícollas Ranieri (MG).
20h Palestra sobre language poetry, com Bruce Andrews (USA).
20h30 Leitura Erín Moure (Canadá).
21h Lançamentos de diversos títulos da Lumme Editor e da revista PolichinelloMaratona de leitura com a participação de Adriana Zapparoli, Lígia Dabul, Micheliny Verunsck, Thiago Ponce de Moraes, Nilson de Oliveira, Leonardo Gandolfi, Assis de Mello, e Glauco Mattoso.

Domingo 7/11
16h30 Painel – mulheres tradutoras (recital)
Com Marina Della Valle (SP), Telma Franco (SP), Eva Balitkova (República Tcheca/SP), Erín Moure (Canadá), Virna Teixeira (CE/SP). Mediação: Martín Palacio Gamboa (Uruguai).
Homenagem a Wilson Bueno, por Erín Moure.
17h30 Apresentação do livro fio, fenda, falésia, com Roberta Ferraz (SP) e Renata Huber (SP).
18h Leitura: Donny Correia (SP), Arjen Dunker (Holanda), Bruno Brum (MG), Beth Brait Alvim (SP), Frederico Barbosa (SP), Micheliny Verunsck (PE/SP).
Perfomance poemacumba, de Leo Goncalves (MG). Lançamentos Arqueria editorial/ encerramento.


Realização: Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.Produção: Casa das Rosas e Organização Social POIESIS de Cultura.

1.9.10

Finalistas do Jabuti 2010 (poesia)

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) divulgou nesta quarta-feira as listas dos finalistas nas 21 categorias da 52ª edição do Prêmio Jabuti. Os 10 finalistas da categoria poesia são os seguintes:

1º “ Passageira em trânsito”, de Marina Colasanti (Record)
2º “Sangradas escrituras”, de Reynaldo Jardim Silveira (Star Print)
3º “Soneto antigo", de Anderson Braga Horta (Thesaurus)
4º “
Lar,", de Armando Freitas Filho (Companhia das Letras)
5º “ Poesia reunida", de Euclides da Cunha (Fundação Editora da Unesp)
6º “ O sexo vegetal", de Sergio Medeiros (Iluminuras)
7º “ A cor da palavra", de Salgado Maranhão (Imago)
8º “ Sagração do alfabeto", de Leonor Scliar-Cabral (Scortecci)
9º “ Sob o céu de samarcanda", de Ruy Espinheira Filho (Bertrand Brasil)
10º “ Palavras Cúmplices – Versos & Reverso", de Beatriz Alcântara (Fundação Waldemar Alcântara)

Para conhecer os nomes dos classificados nas outras 20 categorias que concorrem ao prêmio, visite o site da CBL.

13.8.10

poemas de denise freitas




a escolha de cecília

nenhuma vontade lhe parecia válida
ou suficiente
gastava no uso repetido os dias velhos
e se desgastava neles
desgostava deles a ausência de serventia
a tal ponto sem vontade
sem pressa e sem demora
cecília esvaziava-se de si
de sua lucidez cansada

correram alguns a dizer que morreu por escolha
embalada ao ânimo que lhe faltava em vida

relevo


não quero
reconheço lugares
montes

voluntariamorte

no cheiro na pele
gosto e azedume sem cautela

___________________________

Denise Freitas, nasceu em Rio Grande (RS) no dia 10 de dezembro de 1980. É professora de História, no ano de 2007 publicou o livro "Misturando Memórias: contos e crônicas de Itajaí", em parceria com Leandro dos Santos. Blog www.sisifosemperdas.blogspot.com